segunda-feira, agosto 30, 2010

O colorido africano





As cores quentes do continente africano tomaram conta do Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia desde a tarde da última sexta-feira. Dezenas de pessoas ansiosas aguardaram a abertura dos portões da XIV Feira Pan-Amazônica do Livro que, ao invés de um país homenageado, presta homenagens aos africanos Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe, nações falantes da Língua Portuguesa.

Os tambores da Timbalada celebraram a abertura do evento, junto com a discotecagem do coletivo Meachuta que abriu a programação musical assistida por cerca de dez mil pessoas. O público lota os estandes. Tem livro com temáticas e preços diversos (comprei dois do J.J. Benitez por cinco reais, cada. Basta catitar). Tem livro sobre religião (africana, inclusive). História, especializados, romance, best sellers, esotéricos, arte, até sobre como montar um currículo, sim eu vi.


Os encontros literários proporcionam bate papos interessantes. O primeiro deles, realizado sábado, com Ariano Susassuna, foi espetacular. Um senhor de oitenta e poucos, com voz rouca, fina e fraca e muito bem humorado. Contou várias histórias, todas arrancaram risos da plateia que lotou o auditório Machado de Assis (onde são realizados os encontros literários, diariamente, a partir das 19h30). Ah, pode fazer foto à vontade. Nas demais salas são apresentados shows com danças típicas – brasileiras e africanas -, oficinas, curta-metragens regionais de animação e o programa de auditório “Fala Sério”, destinado ao público jovem, que combina bate papo e apresentações musicais, uma versão local do “Programa Livre”, ou “Altas Horas”, para os mais novinhos.


A programação diária da Feira do Livro é distribuída na entrada do Hangar (Av. Doutor Freitas) e também pode ser consultada no site www.feiradolivro.pa.gov.br. No mesmo local é realizada a troca de um livro infanto-juvenil (generoso, não fino), por um par de ingressos para quem quiser assistir às apresentações musicais da área reservada do deck do Hangar. Mas ó, tem que apresentar o RG e chegar cedo, porque os ingressos são muito requisitados. Os livros serão doados para uma instituição ainda não escolhida. A programação musical tá pra todos os gostos, tem de Calypso à Suzana Flag. A “Feira vai até dia 5, próximo domingo. Ainda vai ter Fernanda Young, Milton Guedes, Pinduca, Gilberto Gil e comida porque a praça de alimentação tem coisas gostosas. Tem uma padaria que assa pastel de forno na hora e tem salgados apetitosos.