segunda-feira, fevereiro 13, 2012

Nos momentos de silêncio é quando a gente mais se completa

"É nos momentos de silêncio que a gente mais se completa", disse a namorada se referindo ao futuro marido. A certeza da união iminente se justifica pela sintonia recíproca. Tão grande que às vezes o olhar é o bastante pros dois comunicarem "eu te amo".

Amanhã é dia dos namorados em muitos países. Data na qual os casais obrigatoriamente são fofos e românticos embora boa parte deles viva em pé de guerra a maior parte do tempo. Falta respeito, falta comunicação, falta gentileza, falta muita coisa. Mas o presente, não faltará, com certeza.

Com uma frequência superior a tolerável, encontro casais discutindo nas ruas. Presencio trocas agressivas de palavras, quando não, gestos. Algo que me causa constrangimento e lamento por dois seres humanos envolvidos em uma relação que deveria ser mais deliciosa do que outra coisa. Encontrar mulheres chorando penosamente também é algo comum. É claro que quando as vejo com os olhos vermelhos, considero como primeira causa da dor, um homem (ou outra mulher, claro).

Segundo minhas observações, os membros de sociedades capitalistas estão cada vez mais intolerantes ao individualismo e isso não quer dizer que eles estejam mais altruístas e solidários. Muitos ligam o fato de estar só à solidão e se obrigam a estar boa parte do tempo envolvidos em alguma relação à dois que não seja apenas fraternal. Não toleram ir ao cinema sozinhos, jantar sozinhos, passear no parque sozinhos.

Alguns inclusive se sentem envergonhados de se divertir sozinho em público. No meu entendimento, isso só revela uma grande intolerância para consigo mesmo. Dependendo de quem se tem ao lado, estar sozinho é muito mais gostoso. Mas até se descobrir essa possibilidade, nos envolvemos em vários relacionamentos sem sentido e desgastantes. Parte da vida.

Conversando com um amigo sobre casamentos, disparei: "o único motivo que justifica uma união que objetiva o ´pra sempre´ é uma sintonia imensurável. Algo que a gente sabe que é particular da relação entre nós e O outro". Por isso sei que ele casará com a namorada. A gente sente quando um casal se encaixa. É o caso deles.

Quem já viveu algo do tipo, sabe como é. Quando o silêncio é suficiente para nos completarmos é Bingo!

"Mágico" resume bem. Alguns são presenteados com esse tipo de relacionamento, o único que considero válido. Outros se envolvem em relações cuja demonstração de "bem querer" se resume muitas vezes em enfrentar filas no shopping pra garantir mais uma bermuda. Mais uma camiseta.